Apresentação

A concepção de educação que norteia a ação da Faculdade Palotina está fundamentada na própria identidade, no seu ser cristã Católica. Assim, a FAPAS, busca em suas ações, promover e valorizar o ser humano, fortalecendo a cidadania, através da prática da excelência no ensino de graduação, pesquisa e extensão e em sua atuação na sociedade.

Tem-se presente que uma Faculdade Cristã Católica deve ser sementeira de grandes ideias e ser a força dinamizadora na sociedade com iniciativas capazes de mudar o comportamento das pessoas em defesa da dignidade humana, do trabalho, da justiça, da solidariedade e, sobretudo, da vida. Isto significa olhar de frente para os problemas sociais.

Missão

A FAPAS, identificada como uma Entidade de Assistência Social na Área de Educação, busca em suas ações promover e valorizar o ser humano, fortalecendo a cidadania através da prática da excelência no ensino de graduação, pesquisa e extensão e em sua atuação na sociedade.

Histórico

A Faculdade Palotina de Santa Maria tem origem através da Sociedade Vicente Pallotti (SVP), fundada no ano de 1909. É formada pelos padres e irmãos palotinos, membros da Província Nossa Senhora Conquistadora que, por sua vez, faz parte da congregação religiosa da Sociedade do Apostolado Católico (SAC), com sede em Roma, fundada por São Vicente Pallotti em 1835. A congregação está atualmente presente em 51 países dos cinco continentes.

O curso de Teologia iniciou em 1948, em São João do Polêsine. Em 1958, também foi transferido para o Colégio Máximo Palotino. Em 1992, os dois cursos superiores foram transformados no Instituto de Filosofia e Teologia Santa Maria - IFITESMA.

Na Portaria nº 2.615, de 06 de dezembro de 2001, publicada no Diário Oficial da União do dia 10 de dezembro de 2001, o MEC credenciou a FAPAS como uma Instituição de Ensino Superior e pela Portaria nº 2.616, de 06 de novembro de 2001, autorizou o Curso de Filosofia, o qual recebeu nota máxima na visita dos avaliadores do MEC em 2008, sendo considerado o 3º melhor no RS. Em 2004, pela Portaria nº 2.818, de 06 de setembro de 2004, o MEC autorizou o Curso de Bacharelado em Teologia.

O curso de Direito foi autorizado na Portaria nº. 843, de 04 de abril de 2006 e reconhecido pela Portaria MEC 248, de 31/05/2013, publicada no D.O.U de 03/06/2013.

A FAPAS, desde 2003, oferece cursos de Pós-Graduação (Especialização) e cursos de extensão nas suas áreas de atuação.