O Fundador

Vicente Pallotti nasceu em Roma, a 21 de abril de 1795. Foi ordenado presbítero em 1818 e doutorou-se em Filosofia e Teologia na Universidade Romana Sapienza. Diante do agravamento dos problemas de fé, enfrentados pela Igreja no seu tempo, ele percebeu a urgência de reavivar a fé e reacender a caridade. Para concretizar sua ideia, fundou, em 1835, União do Apostolado Católico, como meio para despertar em todos os membros do povo de Deus a consciência do seu chamado ao apostolado.

Dedicou grande parte de sua vida aos jovens, como professor universitário, por dez anos, e como orientador espiritual em vários seminários de Roma. Preocupou-se com a alfabetização das crianças e dos jovens, tendo fundado escolas noturnas. Ele morreu no dia 22 de janeiro de 1850, sem ter visto a plenitude da sua obra. Foi beatificado em 1950 e canonizado em 1963, durante o Concílio Vaticano II.

Hoje, os padres e irmãos palotinos estão presentes nos cinco continentes e em mais de 40 países. No Brasil, estão no RS, PR, SP, RJ, BA, MA, MG, MS, RO e AM. Em Santa Maria/RS, atuam nas paróquias de Santo Antônio, N. Sra. das Dores, N. Sra da Glória (Camobi), Colégio Máximo Palotino, Pallotti - Colégio Antônio Alves Ramos, FAPAS e Casa de Retiros.